Veja como limpar o cache do DNS pode te ajudar a resolver alguns problemas de atualizações na sua página.

Aqui na empresa nós temos uma regra referente às dúvidas dos nossos clientes: Se ela é frequente, ou seja, se duas ou mais pessoas têm a mesma dificuldade, está na hora de escrever um artigo ou gravar um vídeo com passo a passo para antecipar a dúvida dos demais…

Então, se você está lendo esse artigo, saiba que alguém já passou por aqui com a mesma dificuldade que a sua, e nós o ajudamos ensinando como limpar o cache do DNS.

Por que limpar o cache do DNS?

Imagine a seguinte situação: Você acabou de criar ou alterar sua landing page. Aparentemente ela ficou show e você está animado para enviar o link para o máximo de pessoas possível, e não vê a hora de ser encontrado no Google

Já conectou o subdomínio, publicou a página, mas antes de exibir o novo layout por aí, você decidiu visitar o seu site como visitante e…

Como limpar cache

Por algum motivo que você não compreende, seu navegador não exibe seu site e você se pergunta: O que eu fiz de errado?

E o artigo de hoje é justamente sobre uma das possibilidades de erro mais comuns:

O CACHE DO DNS

DNS é uma sigla em inglês que significa Domain Name Service. Um cache DNS é um banco de dados temporário, mantido pelo sistema operacional de um computador, que contém registros de todas as visitas recentes e tentativas de visitas a sites e outros domínios da internet.

Em outras palavras, um cache DNS é uma memória de pesquisas DNS recentes que seu computador pode facilmente acessar para carregar um site rapidamente.

A maioria das pessoas só ouve a frase “cache DNS” quando se refere a limpar / limpar o cache DNS, a fim de ajudar a corrigir um problema de conectividade com a Internet que é o nosso foco hoje.

O objetivo de uma cache DNS (parte técnica)

P.S Se não quiser entender a parte técnica, basta rolar a página até o passo a passo de como limpar o cache do DNS ok?

A Internet depende do Sistema de Nomes de Domínio (DNS) para manter um índice de todos os sites públicos e seus endereços IP correspondentes . Você pode pensar nisso como uma lista telefônica.

Com uma lista telefônica, não precisamos memorizar o número de telefone de todos, que é a única maneira que os telefones podem se comunicar: com um número.

Da mesma forma, o DNS é usado para que possamos evitar ter que memorizar o endereço IP de cada site, que é a única maneira que o equipamento de rede pode se comunicar com os sites.

Isto é o que acontece atrás da cortina quando você pede que seu navegador carregue um site. Você digita um endereço como google.com.br e seu navegador pergunta ao seu roteador o endereço IP. O roteador tem um endereço de servidor DNS armazenado, portanto, ele pergunta ao servidor DNS o endereço IP desse nome de host .

O servidor DNS encontra o endereço IP que pertence ao google.com.br e, em seguida, é capaz de entender o site que você está pedindo e assim pode o navegador pode carregar a página apropriada.

Isso acontece para todos os sites que você deseja visitar. Sempre que um usuário visita um site por seu nome de host, o navegador da Web inicia uma solicitação para a Internet, mas esse pedido não pode ser concluído até que o nome do site seja “convertido” em um endereço IP.

O problema é que mesmo que haja toneladas de servidores DNS públicos que sua rede pode usar para tentar acelerar o processo de conversão / resolução, ainda é mais rápido ter uma cópia local do “catálogo telefônico”.

O cache DNS tenta acelerar o processo ainda mais, manipulando a resolução de nomes dos endereços visitados recentemente antes de o pedido ser enviado para a Internet.

O que é envenenamento de cache DNS?

cache do DNS fica envenenado ou poluído quando nomes de domínio não autorizados ou endereços IP são inseridos nele.

Ocasionalmente, um cache pode ficar corrompido devido a falhas técnicas ou acidentes administrativos, mas o envenenamento do cache DNS normalmente está associado a vírus de computador ou outros ataques de rede que inserem entradas DNS inválidas no cache.

O envenenamento faz com que os pedidos do cliente sejam redirecionados para destinos errados, geralmente sites mal-intencionados ou páginas cheias de anúncios.

Como Limpar a Cache do DNS (Flush DNS)

Ao solucionar problemas de envenenamento de cache ou outros problemas de conectividade com a Internet, um administrador do computador pode desejar limpar (ou seja, limpar, redefinir ou apagar) um cache DNS.

Uma vez que limpar o cache DNS remove todas as entradas, ele também exclui registros inválidos e força seu computador a re-abastecer esses endereços na próxima vez que tentar acessar esses sites. Esses novos endereços são retirados do servidor DNS que sua rede está configurada para usar.

Como limpar o Cache do DNS – Windows

O comando para dar um flush no DNS precisa ser inserido no Prompt de Comando.

  1. Acesse o menu iniciar > clique em Executar > Digite “CMD” no campo Executar > pressione Enter.

Como limpar o cache do DNS

 

  1. Digite ipconfig /flushdns > aperte Enter.

  1. Aparecerá uma mensagem “Configuração de IP do Windows. Liberação do Cache do DNS Resolver bem-sucedida”.

  1. Digite a palavra EXIT para sair do prompt de comando.

Limpar a Cache do DNS – Mac

 

Se você utiliza um Mac (minha sugestão é que se livre dele agora. Mas se você é daqueles que morrem de amor pela maçã mordida) pode seguir os passos abaixo (sem imagens até que algum usuário de Mac possa me fornecer)

  1. Você pode encontrar essa aplicação na pasta Utilitários, na pasta Aplicativos.
  1. Digite o comando para liberação do DNS. O comando varia dependendo da versão do Mac OS X que você está executando.
  • 10.5 e superiores – dscacheutil -flushcache para liberar o DNS e depois sudo killall -HUP mDNSResponder para carregar o DNS novamente.
  • 10.4 e versões antigas – lookupd -flushcache para liberar o DNS e depois sudo killall -HUP mDNSResponder para carregar o DNS novamente.
  1. Você provavelmente terá de inserir a senha de administrador antes de continuar com a liberação do DNS.

[BÔNUS] COMO LIMPAR O CACHE E O COOKIE NO NAVEGADOR

GOOGLE CHROME

Abra o Chrome.

Na barra de ferramentas do seu navegador, clique em Mais (mais)

Passe o cursor do mouse sobre Mais ferramentas e, em seguida, clique em Limpar dados de navegação ou segure simultaneamente as teclas CRTL + SHIFT + DEL

Na caixa “Limpar dados de navegação”, clique nas caixas de seleção Cookies e outro site e dados do plug-in e Imagens e arquivos em cache.

Use o menu na parte superior para selecionar a quantidade de dados que você deseja excluir. Escolha Desde o começo para excluir tudo.

Clique em Limpar dados de navegação.

PASSO A PASSO EM VÍDEO

 

Fontes e referências:

  1. Cpanel
  2. WhatsMyDNS
  3. WikiHow

 

Ficou com alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários.

E se ainda não é cliente, basta acessar http://digitalmarketing360.com.br/