Search Engine Optimization e Search Engine Marketing

Search Engine Optimization e Search Engine Marketing, ou SEO e SEM,  são dois tipos de ações amplamente conhecidas no Marketing Digital. Entretanto, ainda há bastante confusão entre ambas.

Ao longo desse artigo, você irá entender o que cada estratégia significa e qual a ligação que existe entre elas:

O QUE É SEARCH ENGINE MARKETING?

Search Engine Marketing (SEM) significa marketing em sites de busca. Tem por objetivo colocar a marca nas primeiras posições em sites de busca por palavras-chave relacionadas, para tanto, faz uso de publicidade paga para que haja o aumento da visibilidade.

O SEM tem como maiores fornecedores o Google AdWords, Yahoo! Search Marketing e Microsoft adCenter.

Ele permite a criação de um canal direto com aqueles consumidores que estão à procura de um produto ou serviço, facilitando o acesso à marca uma vez que é um dos primeiros resultados que aparecem nos sites de busca acima citados.

É válido ressaltar que há duas formas que contribuem para que a página ocupe uma posição privilegiada nos sites de busca, a saber: Por meio de resultados naturais ou patrocinados, como veremos no decorrer do artigo.

No entanto, independentemente da posição em que o site se encontre na busca, pode-se calcular o retorno possível do investimento (ROI) em todo tipo de ação SEM.

No que se refere a essas ações, elas podem ser divididas em alguns serviços, tais como: otimização de sites (SEO), links patrocinados, cadastro em site de busca, dentre outros.

 

O QUE É LINK PATROCINADO?

Como falamos no item anterior, o link patrocinado é uma das ações estratégicas desenvolvidas dentro do SEM.

Os links patrocinados fazem parte de uma ferramenta de mídia paga, que podem ser visualizadas quando é realizada uma pesquisa em um site de busca, os famosos anúncios.

Na plataforma do Google eles geralmente surgem antes dos resultados orgânicos e na barra lateral do site.

Para que essa estratégia seja utilizada em uma marca, é preciso cadastrá-la em uma plataforma de anúncios, tais como: Google Adwords ou Bing Ads para que seja gerada a forma de pagamento dos anúncios.

A forma de seleção dos anúncios que serão exibidos nos resultados das buscas pelas palavras chaves ocorre por meio de leilão realizado pela plataforma de busca.

Nesse sentido, é preciso que ocorra da definição dos valores máximos que as marcas estão dispostas a pagar pelo anúncio, este cálculo deve ser feito considerando fatores como a concorrência e a relevância da palavra-chave.

 

O QUE É BUSCA ORGÂNICA?

Diferente dos links patrocinados, a busca orgânica se refere aos resultados da busca de maneira natural, ou seja, daqueles sites que não realizaram nenhum tipo de investimento em anúncios pagos nos sites de busca como o Google, Yahoo! e Bing.

Neste tipo de busca, as pessoas encontram conteúdos de entretenimento, esportes, educação, dentre outros, ou seja, conteúdo não comercial.

É importante salientar a questão da confiança que os usuários de sites de busca depositam nos conteúdos de busca orgânica, pois geralmente encontram a informação que procuram.

Por isso é de extrema importância que as marcas que desejam crescer no mercado e ganhar popularidade sejam encontradas por meio de palavras-chave relacionadas à mesma.

 

LEIA: Guia passo a passo para implantar Marketing Digital

 

O QUE É SEARCH ENGINE OPTIMIZATION?

Como podemos observar as plataformas de busca são as principais fontes de informação para os usuários da internet, nesse sentido, a sua importância comercial ganha cada vez mais destaque.

Aparecer ou não nos mecanismos de busca tornou-se algo essencial para determinar o sucesso ou fracasso de uma marca.

É válido ressaltar que esse diferencial não é válido apenas para as empresas de e-commerce, ou seja, as lojas virtuais, como também para qualquer tipo de marca cujos clientes utilizam a internet para busca de produtos ou serviços.

O Search Engine Optimization (SEO) se insere nesse universo como um conjunto de técnicas para tornar os sites mais amigáveis para as plataformas de busca, seu trabalho tem como enfoque as palavras-chaves selecionadas no conteúdo do próprio site para que este fique bem posicionado nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca.

Diante disto, as ferramentas de SEO tornam-se fundamentais para o posicionamento da marca nos sites de busca. Para que isto aconteça é necessária a aplicação de dois tipos de estratégias SEO: a on-page e a off-page, que veremos nos próximos itens.

 

conteudo para blogs

SEO ON PAGE

SEO on-page consiste em estratégias utilizadas por uma marca para a otimização do conteúdo do site da mesma.

Um exemplo desse tipo de estratégia é a escolha de um título que contenha as palavras-chaves relacionadas ao conteúdo possa contribuir para que o site esteja mais bem posicionado durante a busca de conteúdo.

Outros exemplos são:

SEO ON PAGE: Otimização de título e subtítulo

A escolha de títulos e subtítulos que sejam claros e contenham as principais palavras-chave podem contribuir para que o conteúdo seja visualmente mais agradável e também para que os sites de busca o classifiquem como organizado.

Ao fazer isso, consequentemente o site subirá quanto a ordem de relevância.

 

SEO ON PAGE: Meta descrição

O resumo da página deve ser instigante para que o leitor queira saber mais sobre a marca no site de busca.

Cabe ressaltar que cada página deve ter uma meta descrição que não ultrapasse 160 caracteres e resuma de forma clara o conteúdo da página.

 

SEO ON PAGE: URLs amigáveis

É preciso que a URL seja o mais limpa possível de números e símbolos, é preferível que ela contenha o assunto tratado na página. Como a URL é criada automaticamente é necessário que se fique atento para realizar qualquer alteração que seja necessária.

 

SEO OFF PAGE

Diferenciando-se do anterior, o SEO off-page consiste nos direcionamentos dos links para a página do próprio site colocadas em diversos outros sites que tenham conteúdos relacionados na internet.

Esta estratégia proporciona que mais pessoas conheçam o site além de influenciar o posicionamento do site nos mecanismos de busca.

É de suma importância que ambos os sites tenham conteúdo relacionado para que uma complemente a outra, assim ambas contribuem para o aumento do tráfego de suas respectivas páginas.

Outras estratégias off-page são:

SEO OFF PAGE: Parcerias

As parcerias com outros sites e blogs que tenham conteúdos semelhantes é uma excelente estratégia para que outros sites “linkem” sua página sempre que possível.

Como por exemplo a parceria que temos com o Conteúdo Fitness

 

SEO OFF PAGE: Comentários

Estes podem ser feitos em posts de outros sites, blogs e até fóruns da internet.

Aqui é importante que o comentário esteja bem fundamentado e que demonstre domínio no assunto, assim como acrescentar o link para o próprio site para que as pessoas que estejam interessadas no conteúdo possam visitá-lo.

 

SEO OFF PAGE: Redes sociais

As mídias sociais são grandes aliadas no SEO off page, uma vez que por meio delas poderão ser compartilhados os links para a sua página.

Redes sociais como Facebook e Instagram são ótimas plataformas para desenvolver este tipo de estratégia e podem gerar bons números de redirecionamento para o site da sua marca.

Diferença entre SEO e SEM

Como podemos observar, o SEO é conhecido como uma forma de otimização de sites. É composto por um conjunto de técnicas que vislumbram a melhoria quanto ao posicionamento de um site nas plataformas de busca.

A listagem de palavras-chave são uma das estratégias mais usadas pelo SEO para que o site em questão apareça nas primeiras posições dos resultados orgânicos.

No entanto, o SEM, refere-se a um conjunto de estratégias que agem através de ferramentas de busca e tem como objetivo promover o site nas plataformas de busca.

Sua estratégia pode ser dividida em duas vertentes, a saber: a busca natural ou o denominado resultado orgânico; e os links patrocinados ou busca paga.

Nesse sentido, constatamos que ambos visam o mesmo objetivo: alcançar melhores resultados nos buscadores.

No entanto, pode-se dizer que o SEO é um componente do SEM, uma vez que o primeiro é mais usado como forma de estratégia do SEM.

Outra diferença relevante entre as duas ferramentas é a sua manipulação. O SEO não é manipulável, pois não há como pagar para que o site fique em uma boa posição nos sites de busca.

O que difere do SEM que por meio dos links patrocinados pode colocar um site em uma ótima posição nas plataformas de busca.

Quando há combinação entre Search Engine Optimization e Search Engine Marketing, as estratégias de marketing digital tornam-se extremamente eficientes, provocando que a marca ganhe visibilidade e reconhecimento no mercado.