Modelos de email marketing que convertem

Há alguns anos atrás com o “boom” das mídias sociais, muito se especulou sobre a “morte” do e-mail marketing. Principalmente pelo mau uso de muitas empresas.

Se você não tiver um objetivo definido e um planejamento adequado, a chance da sua campanha de email marketing não funcionar é enorme!

Aliás, sem objetivo e planejamento, é provável que nenhum tipo de mídia funcione como deveria…

Porém, eu quero que você dê uma olhada em alguns números e me diga se acredita realmente se o email marketing morreu:

⇒ 92% dos internautas tem pelo menos uma conta de e-mail;

⇒ 72% Checam a sua caixa de entrada seis vezes por dia;

⇒ 68% dos proprietários de pequenas empresas citam o marketing por e-mail como seu melhor canal publicitário;

⇒ 77% Pessoas que preferem receber comunicações baseadas em marketing de permissão através de e-mail;

⇒ 93% Usuários de e-mail que se inscreveram em pelo menos uma lista para receber mensagens autorizadas.

[Fontes: Forrester, Direct Marketing Association, e-bit, Getresponse, Experian].

O que você está esperando para se relacionar com seus leads por e-mail?

Pode parecer surpreendente, mas as pessoas passam apenas de 2 a 5 segundos olhando seu e-mail para decidir se querem continuar lendo.

E isso partindo do pressuposto de que a pessoa abriu o seu email. Sendo assim, ter uma linha de assunto interessante é fator determinante para que o seu email seja aberto.

Nesse artigo você pode ler mais sobre como criar linhas de assuntos interessantes.

Abaixo, separei 4 dicas sobre como você pode chamar a atenção de quem abriu seu email e fazê-las cumprir o seu objetivo, seja ele qual for, como ler o seu email inteiro, clicar no link de compra, se inscrever em um formulário, etc…

1. Seja breve:

Seu e-mail não é lugar para escrever uma dissertação ou um artigo.

Defina o objetivo do seu email e mantenha-se focado nele.

Se você espera que as pessoas cliquem em um link para ir até sua landing page, escreva apenas o suficiente para que elas cliquem.

2. Seja específico:

Mesmo que você tenha inúmeros planos, serviços e produtos para oferecer, não use o email como vitrine.

Mostre apenas as melhores ofertas para chamar a atenção das pessoas.

Talvez a pessoa nem esteja no momento de compra. Nesse artigo eu explico um pouco mais sobre a Jornada do cliente.

3. Seja um vendedor:

Se você está enviando um email com objetivo de vender, explique exatamente para as pessoas o que elas devem fazer para comprar.

Ou seja, tenha chamadas para a ação bem definidas (“compre”, “inscreva-se”).

Experimente utilizar alguns gatilhos mentais para potencializar suas conversões.

4. Seja humano:

As vezes ficamos tão focados nos relatórios de envio de emails, taxa de abertura, número de cliques, conversão, etc. que esquecemos que por trás de tantos números há seres humanos com sonhos, objetivos, dores e que contam conosco para ajudá-los.

Então, lembre-se disso ao escrever seu próximo email.

Como escrever emails

Normalmente quando se fala em escrever o próximo email, vem o famoso “bloqueio de escritor”…

Eu conheço algumas pessoas que simplesmente congelaram na frente de uma página em branco no momento de escrever e-mail para seus assinantes.

Saber que várias pessoas irão ler seus textos pode parecer um pouco intimidante inicialmente.

Mas isso não é motivo para você desistir e dizer que o email marketing não funciona pra você concorda?

O que resta são duas opções:

  • Pagar alguém para escrever para você ou
  • Sair da zona de conforto e escrever sua sequência de emails.

Se você escolheu a primeira opção, basta ir até o final dessa página e preencher o formulário que escreverei para você.

Por outro lado, se você decidiu que vai escrever sua próxima sequência de email marketing, segue abaixo alguns modelos para te ajudar:

1) Estudo de caso

As pessoas adoram estudos de caso. Esses e-mails são narrativas educativas.

Você pode utilizar esse tipo de email para quebrar objeções específicas.

Por exemplo, a clássica objeção: “Não posso fazer isso porque não tenho tempo”.

Busque um cliente seu que se encaixa nesse perfil e escreva algo nessa linha:

“Esse é um estudo de caso sobre como a Ana, uma mãe trabalhadora com 3 filhos, conseguiu [OBJETIVO PRETENDIDO] investindo [X minutos ou horas] nos fins de semana e a noite. Saiba mais clicando aqui [CTA]”

Esse tipo de narrativa gera empatia. E normalmente as pessoas têm muito mais confiança de que seu produto ou serviço funciona para eles também quando se identificam com alguém como ela teve sucesso usando. 

Experimente incluir esse tipo de email na sua próxima campanha de email marketing.

2)  Perguntas Frequentes por E-mail

Inclua um e-mail perguntas e respostas na sua sequência.

Basta reunir as perguntas mais frequentes que você responde no balcão.

Escreva as objeções mais comuns de seu lead formuladas como perguntas. Como por exemplo:

P: “E se esse produto não funcionar para mim?”

R: Não se preocupe, você sempre está coberto por nossa garantia de devolução do dinheiro!

P: Eu posso parcelar esse valor?

A: Sim. Você tem a opção de parcelar em até 12x no cartão ou em 4x no boleto bancário

E assim por diante.

Se você utiliza chat online no seu site, pode encontrar algumas dúvidas frequentes nos registros de bate papo.

Outra opção é realizar uma pesquisa com seus clientes utilizando o Google Forms diretamente no seu site sobre as dúvidas que eles tinham antes de fechar com você.

Depois apenas copie as perguntas e responda-as em um e-mail.

3) Artigos

Obviamente, seu blog é um bom lugar para seus leads procurarem conteúdo.

Mas provavelmente esses clientes em potencial não leram seus textos mais antigos.

Então incluir link para seus artigos em uma sequência de emails garante que os novos assinantes possam acessar seus melhores artigos.

No corpo do e-mail, basta escrever uma introdução rápida seguida de um link para o artigo.

Pegue um trecho do artigo relacionado a dor ou objetivo da sua persona para aumentar sua taxa de cliques.

Você pode utilizar link no texto, botão de ação e link em imagens.

4) Conteúdo de Vídeo e Áudio

Não há nenhuma forma mais rápida, que eu conheça, de melhorar o relacionamento com seus leads do que você se mostrar (rosto ou voz) para eles.

Vídeos com entrevistas, tutoriais, dicas, etc devem ser enviados por email.

Nos tópicos anteriores eu falei de empatia, confiança e nada gera mais proximidade do que vídeo.

E para escrever esse tipo de email, a lógica é a mesma do artigo no blog.

Escreva uma introdução rápida e adicione os links ao vídeo.

O mesmo vale para treinamento de áudio e episódios de podcast.

Se você ainda não tem o hábito de gravar vídeos, pode dar uma olhada no artigo 5 lições para quem vai começar a gravar vídeos.

5) Depoimentos

Assim como o estudo de caso, o depoimento de cliente serve para quebrar objeções e gerar empatia.

Esse é um tipo de email marketing de alta conversão e essencial no seu funil de conversão.

Experimente enviar diferentes tipos de depoimentos (vídeos, áudios, avaliações da sua fanpage e até prints de conversas no whatsapp ou chat).

Esse tipo de abordagem permite que você venda sem ser “insistente”.

Há uma crença bem difundida de que “isso só funciona para os outros” ou “isso nunca vai dar certo pra mim”.

O depoimento remove essa crença, pois são pessoas reais, atestando que conseguiram vencer com a sua ajuda.

Experimente criar uma landing page e reunir todos os seus depoimentos por categoria e enviar um link “veja mais” em seus emails.

6) Webinar ao vivo

Existe uma razão pela qual tantas empresas usam webinars para converter leads em clientes: Porque funciona!

A transmissão de um webinar ao vivo vai te ajudar a educar seus potenciais clientes para o consumo online.

Você poderá entregar um conteúdo de valor e aproveitar para oferecer alguns produtos de entrada com valor reduzido para testar o momento de compra dos seus clientes.

Se você ainda não criou realizou nenhum treinamento online ao vivo, sugiro que dê uma olhada no artigo Como fazer um webinar gratuito – O Guia Absolutamente Completo.

 

Modelo de Email Grátis

Primeira parte do Texto: Gancho

Inicie o texto com perguntas ou promessas.

Prenda atenção do seu leitor.

Faça ele ter vontade de continuar com a leitura.

Mostre algo que ele poderá aprender ao ler o texto até o final.

 

Ex: Você gostaria de ter a disposição uma estratégia de email marketing poderosa, capaz de aumentar sua lista de emails, atrair pessoas interessadas no seu produto/serviço e gerasse um impacto direto e significativo no seu faturamento?

 

Segunda parte: Ponto de dor + Descrição do vilão (problema)

Consequência da falta de informação

Suas informações podem evitar problemas

Chamar a atenção para uma possível solução de uma dor específica.

Continuar com esse erro pode ser algo perigoso para ele.

 

Ex: Existem grandes chances de que você esteja cometendo erros estratégicos que estão impactando diretamente o faturamento da sua empresa. Por isso, é importante que você preste bem atenção, caso queira ter resultados de verdade com o email marketing da sua empresa.

 

Terceira parte: Apresentação da solução

Mostre que você tem o objetivo específico de resolver o problema dele

Seja específico ao informar quais soluções irá apresentar

Chame a atenção do leitor para continuar lendo o texto

 

Ex: Mas fique tranquilo. Hoje a noite, você vai aprender de uma maneira simples e didática quais são os 3 ingredientes fundamentais para que o e-mail marketing da sua empresa se torne uma poderosa máquina de vendas.

 

Insira uma chamada, reforçando algo que o leitor poderá fazer.

 

Ex: Você poderá usar o mesmo modelo que vou apresentar, e descobrir exatamente como fazer para vender mais de forma automática utilizando e-mail marketing de forma estratégica e precisa. Basta seguir os passos que vou te dar…

 

Apresente o conteúdo de forma detalhada:

Especifique os pontos que serão apresentados, isso irá prender a atenção do seu público

 

Ex: Continue lendo este email para saber mais sobre:

Vale a pena utilizar e-mail marketing?

Por que e-mail marketing não funciona para você?

Como criar uma estratégia eficiente?

Como mensurar os resultados?

Template para escrever seus emails

 

Conclusão

As campanhas de email marketing são uma ótima maneira de criar consciência nos clientes que estão no topo de funil e nutrir os relacionamentos com os clientes sem comprometer a relação com um acompanhamento excessivamente persistente.

Quando feito corretamente, sua campanha de email autoresponder pode informar seus leads de uma grande variedade de benefícios, gerar interesse e aumentar sua conversão.

Siga estas etapas acima para criar suas próximas campanhas.

P.S Se mesmo após todas essas dicas você decidiu que não quer criar seus emails, por favor preencha o formulário abaixo com seus dados que entraremos em contato para escrever suas campanhas para você.